Home Publicações Mobilização Confira deliberações da Assembleia Geral do Sintrajufe em 14/11

Confira deliberações da Assembleia Geral do Sintrajufe em 14/11

E-mail Imprimir PDF

Na última terça-feira, 14 de novembro de 2017, o Sintrajufe realizou Assembleia Geral com a categoria no Fórum Astolfo Serra para tratar das mobilizações contra os ataques aos direitos dos trabalhadores, apresentar o novo convênio na área de plano de saúde, apresentar as contas referentes a 2016 para deliberação, e discutir assuntos específicos levantados na Justiça do Trabalho.

Sobre a pauta de mobilizações, foram dados informes acerca dos atos ocorridos dia 10/11 pelo país, e a previsão de nova manifestação em Brasília dia 28 de novembro, quando os servidores públicos deverão mais uma vez pressionar contra os ataques como a redução de salários (através de congelamento dos acordos salariais conseguidos e transformados em lei, como o PCS, isso associado ao aumento da alíquota previdenciária no serviço público de 11% para 14%). O ato busca impedir a retomada pelo Congresso da pauta da reforma da Previdência, o que pode ocorrer no dia seguinte à manifestação.

Na pauta específica do Judiciário, Federação e Sindicatos insistem em ser recebidos pela presidenta do Supremo Tribunal Federal, que se recusa em atender os servidores e a reajustar benefícios como auxílio-alimentação, mesmo quando há estudos que indicam essa possibilidade. Mais um motivo para fortalecer os atos em Brasília, além da questão dos quintos, que podem entrar na pauta a qualquer momento e vir a retirar mais um direito da categoria.

Sobre a questão do Plano de Saúde, em razão dos aumentos dos serviços oferecidos nos tribunais e procuradorias mesmo sob o questionamento constante da entidade, o Sindicato buscou oferecer uma opção aos seus filiados, e assim firmou parceira com a Sulamerica Saúde (veja aqui).

Quanto à questão dos vidros nos balcões de atendimento na Justiça do Trabalho, os presentes mais uma vez reafirmaram, em votação, contrariedade à medida anunciada pelo TRT de retirar esses equipamentos atendendo solicitação da OAB. Para os servidores, alterar a atual configuração do atendimento pode pôr em risco a Segurança no desenvolvimento de suas atividades. O Sindicato fará novos contatos com a Administração reafirmando esta posição.

Os representantes do Sindicato deram informes ainda sobre os planos para o Centro de Lazer, cuja manutenção onera as finanças da entidade. Visando a diminuir esse problema e manter e melhorar a estrutura posta à disposição das famílias judiciárias e ministeriais, o Sindicato está estudando ceder a Administração do espaço para especialistas da área. Para isso, a Assessoria Jurídica já está estudando proposta apresentada nesse sentido e que voltará a ser discutida pela Diretoria e tratada juntos aos filiados.

Com essa questão, abriu-se o debate sobre as finanças, com a apresentação da prestação das contas de 2016. Nesse ponto, foi questionado o elevado gasto com a parte jurídica, ao que foi explicado que o Sintrajufe atualmente não cobra custas para seus representados, o que gera um gasto a ser coberto pela entidade. Os presentes sugeriram que a questão seja constantemente discutida a fim de se buscar uma solução que satisfaça servidores e também sua entidade de classe. Ao final, foram aprovadas as finanças do Sintrajufe relativas ao ano passado.

Nos próximos dias, após reunião da Diretoria do Sintrajufe, será comunicada a data da confraternização dos servidores no Centro de Lazer: siga acompanhando nossos informes e participe!

Veja também:

Fenajufe: Fonasefe define estratégias na luta pelo Serviço Público

Última atualização ( Seg, 27 de Novembro de 2017 23:04 )  

Canal Sintrajufe

Banner